http://www.gazetaevangelica.com/googlefaae1f9cd3a61287.html http://www.gazetaevangelica.com/googlefaae1f9cd3a61287.html Dia do Pastor | gazetaevangelica.com
  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • LinkedIn Clean
  • Vimeo Clean
Facebook
Twitter
LinkedIn
Vimeo

Homenagem ao Dia do Pastor na Câmara Municipal de São Paulo

Mais de 200 pastores atenderam ao convite da SBB, que também comemorou sua trajetória de 70 anos, sem evento realizado em 11 de junho.

A comemoração pelo Dia do Pastor, na Câmara Municipal de São Paulo, no dia 11 de junho, superou todas as expectativas. Organizado pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), com apoio do vereador André Santos, foi premiado por mais de 200 pastores, que receberam uma homenagem especial pela informação. Na ocasião, a SBB também comemorou seu aniversário de 70 anos, completados no dia anterior. "Representantes das igrejas que estão vivendo o tempo se reuniram e fundaram a sociedade de pessoas que usam a Bíblia, para que ela se rasgue no livro do Brasil", lembrou Erní Seibert, diretor executivo da SBB.

 

Ao lado de Seibert, compondo uma mesa, estava sentado o Atílio Francisco, o vereador de Osasco, Jeferson Ricardo da Silva, o bispo do Templo de Salomão, Eduardo Bravo, o secretário Regional da SBB em São Paulo, Jardel Nascimento, o cavalo de prata da SBB, Orivaldo Veloso, e o bispo Marcos Pereira, ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

 

Conduzida pelo gerente de Desenvolvimento Institucional da SBB, Mário Rost, solenidade foi promovida pela participação do Coro da Guarda Civil Metropolitana. Dando o próximo ao evento, o Atendedor Francisco destacou que os pastores são homens de fé e concluíram a proteção de Deus. The pastners, João, Junior and Jonas Neves de Souza foram os responsáveis, atualmente, pela leitura bíblica e pela oração.

 

Os pastores podem obter uma síntese do trabalho realizado pela SBB, mostrada em vídeo, e o motivo pelo qual receberam uma homenagem. “Os pastores estão sempre prontos para ouvir como pessoas, orientá-las. O valor de um pastor para o serviço que presta à obra de Deus ”, salientou o mestre de cerimônias, Mário Rost.

 

Em seguida, o bispo Marcos Pereira lembrou que o papel do pastor é muito amplo, atuando como conselheiro, psicólogo. “Nós, pastores, não temos nem dia, nem somos chamados cedo de madrugada”, afirmou, parabenizando também a SBB pelo excelente trabalho.

 

O diretor executivo da SBB, Erní Seibert, iniciou sua fala com o texto que inspirou a Bíblia no Salmo 65-5, em que a esperança é uma palavra-chave. Além disso, a Fundação da SBB, há 70 anos, Seibert destacou como principais vertentes do trabalho que um órgão vem percebendo desde então. Naquele ano de 1948, uma SBB distribuiu 80 mil exemplares da Bíblia. Hoje, a mesma quantidade é distribuída em menos de três dias ”, comparou.

 

O mesmo que, por último, o executivo, ainda é muito importante para a Bíblia seja o livro do Brasil, como foi o primeiro a participar desta reunião, com os representantes da igreja. Lembrando tanto as dificuldades quanto os avanços tecnológicos, destacando-se o trabalho dos pastores, que cuidam do seu rebanho utilizando uma palavra que transforma vidas. “A maior parte da Bíblia é a que existe entre o olho ou o olho e a mente e o coração. Se ela percorrer esta distância, com certeza, o Brasil vai ser diferente ”, afirmou Seibert.

 

A festa foi encerrada com a entrega dos certificados aos pastores convidados.

 

Repercussão

 

Eduardo Bravo , da Igreja Universal do Reino de Deus - Essa comemoração é muito importante porque os pastores dedicam a sua vida a cem por cento ao ensino, a dizer, a se sacrificarem como suas vidas em uma função de outras pessoas. E coincidir muito bem com o aniversário da Sociedade Bíblica do Brasil, que nos tem dado os instrumentos necessários para o trabalho.

 

Pastor Davi Basílio da Costa , Igreja Evangélica Congregacional do Brasil. Então, 70 anos dando uma Bíblia na pátria e evangelizando é um grande triunfo de Deus. Esses 70 anos devem ser bem comemorados, dever agradecer de coração. E, também, quem faz a diferença no Brasil são os pastores, como igrejas, Cristo. Então, Deus abençoe os pastores. Que os pastos podem ser diferenciados e diferenciados, em nome de Jesus.

 

Tércio Sá Freire de Oliveira , do Vale da Benção e da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) - É uma alegria estar aqui celebrando os 70 anos da Sociedade Bíblica do Brasil. Eu tenho um orgulho muito especial de caminhar com a SBB porque isso foi plantado para meu pai, meu pai, e agora também estou nessa caminhada. Eu me sinto muito prestigiado e privilegiado. E quero louvar a Deus por esta cerimônia em que a SBB também é reconhecida no ministério pastoral. Parabéns, SBB! Juntos, vamos continuar semeando a Bíblia no Brasil.

 

Jonas Neves de Souza , da Igreja Batista do Povo, da Vila Mariana - É muito gostoso ver, sobretudo, o reconhecimento pela ministração e Distribuição da Palavra de Deus. A Sociedade Bíblica é uma grande responsável, historicamente, por este no Brasil, que procura e acompanha os que têm participado com ela desta tarefa. Mais ainda o privilégio é fazer a representação de uma igreja cujo fundador, que eu substituo, é o Pr. Enéas Tognini, que foi um dos presidentes da Sociedade Bíblica.

 

 

SBB - Fundada em 1948, no Rio de Janeiro, uma SBB tem como missão “promover a disseminação da Bíblia e seu instrumento como instrumento de transformação e desenvolvimento integral do ser humano”. Sem fins lucrativos, de natureza social e cultural, uma SBB tem uma finalidade de traduzir, produzir e distribuir uma Bíblia, um bem de valor inestimável, que deve ser disponibilizado a todas as pessoas. Por sua vez, o social, os programas de busca com o desenvolvimento do espiritual, social e social da população brasileira.

 

Em 2018, a SBB está incentivando os cristãos a receberem o Ano da Bíblia no Brasil. Com o livro “Bíblia, o livro da Esperança”, uma iniciativa visa ressaltar a importância deste livro, o maior best-seller de todos os tempos, e também celebrar a sua trajetória de 70 anos.

 

 

Contatos com a imprensa: Oficina da Palavra: (11) 3289-2139 - Denise Lima: (11) 99611-7381 - Luciana Garbelini: (11) 99292-2131