top of page

Câmara de Osasco apoia projeto de lei que proíbe venda de animais em petshops


Proposta tem que ser sancionada pelo governador para virar lei

O Plenário da Câmara Municipal de Osasco aprovou uma Moção de Apoio a um projeto de lei estadual que proíbe a criação e revenda de animais em petshops e estabelecimentos comerciais. Aprovado recentemente pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), a proposta agora depende da sanção do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) e prevê ainda a criação do Cadastro Estadual do Criador de Animal (CECA). “É uma alegria ver o projeto do amigo [deputado] Rafael Saraiva ser aprovado pela Alesp e que, em breve, se tornará lei”, disse o autor da Moção, o vereador Ralfi Silva (Republicanos). Para Ralfi, a principal função dos petshops é cuidar dos animais e não os confinar para venda. “Fico muito feliz em saber da proibição. A nossa luta continua para que seja proibida a venda de animais, não só no nosso estado, mas em todo o país”, acrescentou”. Na avaliação de Ralfi, a nova lei vai representar um “grande salto” na proteção e no cuidado com os animais.



10 visualizações

Opmerkingen


bottom of page