top of page

Educação entrega prêmio Professor Inovador 2022


A noite de quarta-feira, 23/11, foi de celebração no Teatro Municipal Glória Giglio (Vila Campesina) durante a premiação, pela Secretaria de Educação da Prefeitura de Osasco, do Concurso Professor Inovador 2022, que visa reconhecer os trabalhos desenvolvidos por educadores da rede municipal que contribuem para o aprimoramento dos processos de ensino e aprendizado em sala de aula.

Foram premiados ao todo 30 professores, sendo cinco da Educação Infantil, cinco do Ensino Fundamental, cinco da Educação de Jovens e Adultos (EJA), e outros 15 de todas as modalidades.

O prefeito Rogério Lins, o secretário de Educação, Cláudio Piteri, o adjunto José Toste Borges, as secretárias executivas Izilda Orlando (gestão escolar), Alessandra Cornaglia (gestão pedagógica), vereadores e familiares dos educadores participaram da cerimônia.

“Para nós, esse prêmio é como o Oscar da Educação. Independentemente do resultado, estão todos de parabéns pela dedicação ao aprendizado de nossas crianças. Sabemos que não é só com boas escolas que se garante a qualidade do ensino e que muito ainda precisa ser feito. O maior investimento que se pode fazer em uma criança é garantir a ela educação de qualidade, por isso continuaremos trabalhando para isso”, disse o prefeito Rogério Lins, referindo-se aos investimentos em educação nos últimos anos, como por exemplo, a implantação de lousas digitais e mesas interativas com aplicativos digitais pedagógicos, jogos educativos e livros digitais com tradução simultânea em Libras, além da reforma de unidades escolares.

Para Cláudio Piteri, o uso da tecnologia em sala de aula é um marco fundamental nas escolas da rede. “A pandemia impôs muitos sacrifícios a todos, seja em casa ou nas escolas e também forçou a antecipação de alguns processos, como a inovação e o uso da tecnologia, o que já estamos fazendo em sala de aula. Então, falar desse prêmio é refletir sobre tudo o que passamos. Vamos continuar trabalhando para levar ensino de qualidade a nossos alunos, pois só assim se prepara os cidadãos para o futuro”.

Na Educação Infantil, o primeiro lugar ficou com Jamile de Souza Bechara (Creche Pedro Alves de Oliveira), com o projeto “As cores em silêncio”; no Ensino Fundamental, Luciana Maria dos Santos (Emef Prof. Max Zendron) com “A arte do corpo”; e na Educação de Jovens e Adultos, Ana Paula Luiza Moraes (Núcleo Ocupação Esperança), com o projeto Direito à Moradia.




5 visualizações

댓글


bottom of page