top of page

GCM: aprovados reestruturação de quadro de servidores e plano de carreira



Foram 16 votos favoráveis para a aprovação do projeto, que agora segue para a sanção do prefeito.

A Câmara Municipal de Osasco aprovou, nesta terça-feira (19), durante a 51ª Sessão Ordinária, o Projeto de Lei Complementar nº13/2023, de autoria da Prefeitura de Osasco, que reorganiza o quadro de servidores da Guarda Civil Municipal de Osasco, altera o Plano de Carreira, cria novas escalas de vencimento e dá outras providências.

Um dos destaques do projeto é que, pelas novas regras aprovadas, a remuneração da GCM passará de R$ 2.141,89 para R$ 2.603,48.

Como os parlamentares usaram a Tribuna para defender o projeto durante a Primeira Discussão, na sessão passada, a Ordem do Dia de hoje foi direto para a votação do projeto, sem os preâmbulos das discussões.

O projeto foi aprovado por 16 votos favoráveis, o que foi muito comemorado pelos servidores da Guarda Municipal de Osasco que acompanhavam no Plenário.

Presidindo uma Sessão Ordinária pela primeira vez — devido o presidente da Casa, Carmônio Bastos (Podemos), estar em outro compromisso, o vereador Julião (PSB) parabenizou todos os envolvidos na aprovação do Projeto de Lei.

“Parabéns a todos parabéns a todos os nobres pares, a todos que se empenharam para a aprovação deste projeto”, declarou o parlamentar.

Paulo Júnior (PP), justificou o voto, reforçando que este “é um dos projetos mais importantes que já passou pela Casa. Valorizando uma das mais importantes instituições da nossa cidade, que executam um trabalho maravilhoso. Sabemos que o que mais traz dignidade ao trabalhador são os bons salários”, ressaltou o parlamentar.

“É uma grande conquista, parabéns a todos vocês da Guarda Municipal”, afirmou Juliana da AtivOZ (PSOL).

Outros Projetos

Em Primeira Discussão, foi aprovado, com 13 votos favoráveis, o Projeto de Lei nº 3/2023, de autoria da vereadora Cristiane Celegato (Republicanos) e de Michel Figueredo (Patriota), que declara o cachorro quente como patrimônio cultural e imaterial osasquense.

A vereadora Juliana teve seu Projeto de Lei nº 42/2023 aprovado em Segunda Discussão. Ele institui a Semana de Combate e Prevenção aos Assédios Moral e Sexual nas Relações de Trabalho.

Os projetos aprovados em Segunda Discussão agora seguem para a sanção do prefeito Rogério Lins.



Veja o vídeo da sessão:


Comments


bottom of page