top of page

Jandira amplia número de atendimentos no Centro de Acolhimento temporário do município



A Prefeitura de Jandira, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Fundo de Solidariedade, ampliou o número de atendimentos no Centro de Acolhimento temporário do município.

A ideia do projeto surgiu diante do período de baixas temperaturas registrados nos últimos meses. Como resultado dessa situação, houve a instalação do espaço emergencial municipal para acolher pessoas que encontram-se em situação de rua e vulnerabilidade social, localizado na Rua Rio Grande do Sul, 50, Jardim Alvorada – Jandira.

Todos os munícipes cadastrados no centro recebem um cartão do Bom Prato que disponibiliza 4 (quatro) refeições por dia, sendo elas: café da manhã, almoço, café da tarde e jantar. E, visando proporcionar mais conforto, são disponibilizados kits de higiene e roupas novas para todos os acolhidos.

O serviço conta com gestão, assistentes sociais e orientadores socioeducativos, que realizam diariamente abordagens noturnas, especificamente das 18h às 22h, à disposição dos cidadãos, sensibilizando e oferecendo acolhimento ao público descrito nas situações acima.

Além disso, a Campanha do Agasalho também está inclusa no projeto, em parceria com o Fundo de Solidariedade, que possui diversos pontos de coleta para a arrecadação e doação à população.

Atualmente, o município conta com 2 (dois) serviços destinados a pessoas em situação de rua: Albergue Mundial (Rua Fernando Pessoa, 72 - Vila Santo Antônio) com capacidade para 25 (vinte e cinco) pessoas por pernoite e o SOS Baixas Temperaturas (centro de acolhimento temporário) com capacidade para 30 (trinta) pessoas.

“O nosso principal compromisso à frente da Secretaria de Desenvolvimento Social é justamente servir o munícipe jandirense no que diz respeito às políticas públicas voltadas ao segmento”, disse Carla Santos, secretária da pasta.

“Estou muito feliz com os resultados expressivos e gradativos que estamos obtendo, fruto de um trabalho que vem sendo realizado constantemente em equipe. Ninguém está na rua porque quer. Precisamos acolher para entender as suas necessidades, principais motivos e, diante disso, buscar soluções para proporcionar mais saúde, bem-estar e qualidade de vida”, completou a gestora.

Em casos de dúvidas ou mais informações, entre em contato por meio do número (11) 99170-9074.



6 visualizações

Comments


bottom of page