top of page

Legislativo osasquense aprova título de utilidade pública ao Instituto Ellus



Medida ajuda a credenciar entidade para receber recursos e ampliar trabalho social

O Instituto Ellus, que atende famílias em situação de vulnerabilidade social em Osasco, poderá receber o título de utilidade pública municipal. O Legislativo da cidade aprovou projeto que trata do assunto durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (11). A proposta, de iniciativa do vice-presidente da Câmara, vereador Ribamar Silva (PSD), foi aprovada em dois turnos e agora depende da sanção do prefeito Rogério Lins (Podemos) para que passe a valer. Na prática, o título de utilidade pública credencia entidades assistenciais a buscarem recursos junto aos governos, para que possam incrementar o trabalho promovido. Há 16 anos em Osasco, o Instituto Ellus promove ações multidisciplinares e interdisciplinares para apoiar crianças carentes e famílias vitimadas pelo uso de drogas. “Esse instituto tem o apoio da igreja evangélica e faz um trabalho diferenciado para atender e acolher as famílias que mais precisam em nossa cidade”, justificou Ribamar.




SinHoRes Osasco, Alphaville e Região O Plenário também aprovou, em Discussão Única, um Projeto de Decreto Legislativo da vereadora Elsa Oliveira (Podemos) que concede um Cartão de Prata ao Sindicato Empresarial de Hospedagem & Alimentação (SinHoRes) de Osasco, Alphaville e Região. O SinHoRes representa oito cidades da região Oeste da Grande São Paulo e congrega 15 mil empresas, que geram 30 mil empregos diretos. “Esse sindicato vem trabalhando incansavelmente para os setores de turismo, gastronomia e hotelaria, gerando emprego, renda e tributos aos municípios”, justificou Elsa. Ao todo, os vereadores aprovaram cinco moções e quatro projetos na Sessão Ordinária desta quinta-feira.

11 visualizações

Comments


bottom of page