top of page

Moção reconhece trabalho de intérpretes de Libras na Câmara de Osasco



Serviço permite inclusão de deficientes auditivos nos eventos oficiais O trabalho de uma equipe de intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi enfatizado durante a 49ª Sessão Ordinária da Câmara de Osasco, realizada nesta terça-feira (13). A equipe atua na transmissão de todos os eventos oficiais realizados no Poder Legislativo de Osasco, e que são transmitidos pela TV Câmara Osasco. O trabalho dos intérpretes é fundamental para que as pessoas com deficiência auditiva possam compreender o conteúdo veiculado. Por meio da Moção de Reconhecimento 387/2022, a vereadora Cristiane Celegato (Republicanos) cumprimentou o senhor Davi Luiz Nascimento dos Santos e toda equipe de intérpretes pelo excelente trabalho realizado na Câmara Municipal. “A profissão dos Intérpretes de Libras é uma ferramenta fundamental de acessibilidade para pessoas surdas e com deficiência auditiva. Esse trabalho no Legislativo garante a inclusão e o direito linguístico das pessoas surdas, permitindo a participação e acesso aos debates e informações da administração pública”, justificou a parlamentar. O serviço de tradução simultânea dos eventos do Legislativo foi implantado no início de 2020, na gestão do presidente Ribamar Silva (PSD), que elogiou o trabalho dos tradutores. “A palavra que nós temos para vocês é de gratidão. Parabéns por vocês prestarem esse serviço de qualidade e com tanta competência”, disse. O vice-presidente da Câmara, vereador Josias da Juco (PSD), ressaltou que o sonho de oferecer a tradução simultânea dos eventos oficiais em Libras é antigo e vem da época da gestão do então presidente Osvaldo Vergínio. O parlamentar recordou o início das atividades de Libras no Legislativo, há dois anos. Ele falou das dificuldades iniciais, devido à equipe reduzida e da evolução dos trabalhos, que hoje contam com uma estrutura mais adequada. Josias da Juco defendeu a criação do serviço de Libras nos eventos oficiais da Prefeitura, como forma de garantir inclusão a mais pessoas. A vereadora Lúcia da Saúde (Podemos) parabenizou a vereadora Cristiane Celegato pela Moção e falou sobre o papel dos intérpretes de Libras. “Essa profissão é de suma importância para a sociedade no contexto familiar e social”, justificou. Segundo Lúcia, hoje existem mais de 10 milhões de surdos no Brasil e muitos deles se sentem como “estrangeiros”, devido à falta de comunicação. A parlamentar defendeu que a inclusão social deve ser “mais que mais que um compromisso” e fazer parte das políticas públicas. “A inclusão em todos os espaços públicos é de suma importância para a nossa cidade, para que a população tenha acolhimento e acesso aos recursos públicos”, concluiu.

3 visualizações

Comments


bottom of page