top of page

Praça da Cidadania deve ser entregue nos próximos meses



Espaço reunirá qualificação profissional, cultura, esporte e lazer para propiciar convivência comunitária

Técnicos da Prefeitura de Itapevi e do Governo do Estado vistoriaram, na última sexta-feira (14), as obras da Praça da Cidadania (Rua Penélope, 351 - Parque Wey). Com os trabalhos iniciados em junho do ano passado, a previsão é de que o espaço seja concluído e entregue à população nos próximos meses.

A construção é executada pelo Governo do Estado, por meio de uma empresa licitada. A Administração municipal cedeu a área onde abriga o novo equipamento.

“A Praça da Cidadania vai trazer cursos, diversão e irá contribuir na formação de qualidade e dignidade para os nossos moradores”, avalia o prefeito de Itapevi, Igor Soares (Podemos). O espaço inédito na cidade contará com salas destinadas para lazer, cultura e qualificação profissional.

Nessa parceria da Prefeitura com o Governo do Estado, por meio do Fundo Social de São Paulo (FUSSP), os cursos profissionais serão ministrados nas seguintes áreas: Informática, Moda e Arte, Gastronomia, Beleza e Bem-Estar.

O projeto técnico foi elaborado pela Prefeitura e FUSSP e também teve a participação da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano). O trabalho conjunto estabelece processo participativo do espaço entre a Administração municipal e o Estado junto à comunidade.

Atualmente existem quatro unidades do gênero em funcionamento Uma delas fica em Santo André, outra em Guarulhos e mais duas na capital - em Paraisópolis e na Vila da Paz.


Mais detalhes

Ao lado do lote destinado à Praça da Cidadania, está prevista a implantação de um Parque Municipal. Ambos formarão um significativo conjunto de equipamentos públicos para a população.

Os serviços da Praça da Cidadania se distribuirão em um amplo terreno de 4.077 m² e incluem quadra poliesportiva com arquibancadas, academia ao ar livre, playground, pista de caminhada e área de jogos.

]

Escola de Qualificação Profissional

Levar oportunidade e mais condições à comunidade em situação de vulnerabilidade social é o objetivo principal da implantação da Escola de Qualificação Profissional, que terá administração do Centro Paula Souza. As salas vão oferecer salas de gastronomia, de beleza e bem-estar, de esterilização, de moda e arte, de informática, do Banco do Povo, outras duas multiuso e de administração.

O local contará ainda com uma copa e lavanderia, depósito e almoxarifado, sanitários, área técnica, horta comunitária e canteiro da Escola de Construção Civil. Para reduzir os impactos no meio ambiente, a Praça da Cidadania manterá jardins de chuva para retenção e infiltração das águas pluviais, iluminação em led e pisos semipermeáveis. O edifício terá um sistema de captação e reaproveitamento da água da chuva.

Foto: Christian Carracci/PMI

2 visualizações

Comments


bottom of page