top of page

Prefeito de Osasco, Rogério Lins, apresenta Gerson Pessoa como seu pré-candidato a deputado estadual




"Deus te abençoe e conte comigo! Nossa cidade e região conta com você", expressou Lins em suas redes sociais, referente aos futuros desafios de Gerson Pessoa

Na quarta-feira, dia 06 de abril, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, sacramentou, em um vídeo, o nome de Gerson Pessoa como seu pré-candidato a deputado estadual para as eleições que acontecem em outubro próximo. Além de amigo e pessoa de sua extrema confiança, Gerson está ao lado de Lins há 30 anos, tendo acompanhado e prestado apoio ao prefeito ao longo de toda a sua carreira, mesmo quando o chefe do Executivo atuava na iniciativa privada como empresário, época em que foram sócios. "O Gerson vai agora para um novo desafio. Será meu pré-candidato a deputado estadual de Osasco e de toda a região. Ele fez um excelente trabalho para atração de empresas e geração de empregos, no comando da secretaria de Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Econômico. Se Deus Quiser, em breve irá nos representar na Assembleia Legislativa", disse o prefeito ao anunciar seu apoio.


Vendo Gerson aprofundar seu conhecimento profissional no campo da Tecnologia da Informação, ganhar renome e destaque em grandes empresas de publicidade, tecnologia e administração, e mais tarde crescer como empresário do setor, Rogério não teve dúvida - ao assumir como prefeito, ofereceu ao amigo o desafio de comandar a Secretaria Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Econômico. Com o cargo, também confiou a Gerson a missão de transformar Osasco com crescimento e geração de emprego, aliados à atração de empresa do mercado tecnológico.

Em pouco tempo, a aposta do prefeito na capacidade do empresário se mostrou um sucesso, com a conquista de novas empresas para a cidade e a geração de mais de 100 mil novos empregos, configurando Osasco como a cidade que mais gerou vagas de emprego em 2021 segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Logo os termos "inovação", "tecnologia" "crescimento econômico" e "polo tecnológico" começaram a ganhar as páginas dos jornais locais e da grande imprensa, sempre trazendo ao lado o nome do município de Osasco e do seu secretário Gerson Pessoa. Também ganhou força a alcunha "OzValley" para a cidade, sugerindo uma Osasco semelhante ao Vale do Silício Californiano, com relação à forte presença de empresas 4.0.


Como resultado do intenso trabalho da SEDITE, hoje 25% das empresas presentes no Brasil classificadas como unicórnios (startups do setor da tecnologia com valor de mercado superior a U$ 1 bi), estão e Osasco, bem como 20% das da América Latina.


A cidade não parou ou retrocedeu economicamente ou na empregabilidade, nem mesmo diante dos momentos sombrios e silenciosos de lockdown da pandemia de Covid-19, isso porque o vapor da locomotiva da cidade foi, neste tempo, o trabalho das empresas gestoras de aplicativos de delivery de alimentos e outros produtos, como IFood, MercadoLivre, Rappi e Submarino. Elas puderam acelerar suas atividades com confiança e produtividade alta e dar vasão ao crescimento e à geração de emprego, porque contavam com a transmissão de dados do parque tecnológico da prefeitura, robusto e eficaz, assegurado pelo trabalho de Gerson Pessoa junto a seu pessoal.


O então secretário de Inovação de Rogério Lins deixou sua marca também no ganho de tempo para a abertura de empresas na cidade, nas tratativas para a realização, em setembro deste ano, da Expo Turismo no município e na conquista da primeira etapa do Polo Tecnológico de Osasco, que está estruturado para entrar em atividade em breve, em um prédio na Vila Yara, contando com parceiros de peso como a Microsoft, Apple, Google, NVidia, Oracle, Cisco, SENAI e SEBRAE, que estão empenhadas em desenvolver na cidade cursos de capacitação de mão de obra voltada à tecnologia.

39 visualizações

Comentarios


bottom of page