top of page

Prefeitura de Itapevi multa empresa por videomonitoramento por derramamento de concreto em via



Fiscais identificaram infração através de imagens de câmeras de videomonitoramento

Todo mundo tem notado que Itapevi está se transformando num verdadeiro Big Brother com a recente instalação de cerca de 750 câmeras de videomonitoramento. O propósito é manter a cidade protegida e você mais seguro.

Um exemplo da importância desta tecnologia já está no dia a dia do cidadão. Na quarta-feira (17) passada, as imagens das câmeras instaladas na região da Avenida Dimarães Antonio Sandei, permitiram que agentes da Prefeitura pudessem localizar o caminhão responsável pelo derramamento de concreto na via pública e autua-lo.

Em ação coordenada, técnicos da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana forneceram as imagens para os agentes de fiscalização de posturas para analisarem o conteúdo. Ao constarem a irregularidade, a empresa que fica em Santana do Parnaíba foi autuada pelo artigo 21 da lei municipal nº1796/2006, que trata da limpeza urbana. Eles serão obrigados a pagar 1 mil UFMs (Unidades Fiscais do Município), o que corresponde a R$2.360,00.

Esse tipo de atuação por videomonitoramento pôde ser realizada com base no artigo 3º da resolução nº 909/2022 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), a partir da lei federal nº 9.503/97 (Código de Trânsito Brasileira), que trata de infrações de trânsito por videomonitoramento.

Denuncie

Caso você identifique este tipo de irregularidade, pode entrar em contato de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Rua Agostinho Ferreira Campos, 675 – Vila Nova Itapevi) pelo telefone 4143-7600. A GCM, que apoia as ações dos fiscais, atende 24 horas por dia nos telefones 153 e 199 e a Polícia Militar pelo 190.



2 visualizações

Comments


bottom of page