top of page

Prefeitura de Osasco assina Pacto de Milãosobre Política de Alimentação Urbana



Na quarta-feira, 19/10, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, assinou a adesão de Osasco ao Pacto de Milão sobre Política de Alimentação Urbana. O acordo foi firmado durante o seminário “A Inovação e o Futuro na Luta contra a Fome”, que integrou as ações da VI Semana Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional do município, que aconteceu no Teatro Municipal Glória Giglio (Avenida dos Autonomistas, 1533 – Vila Campesina).

Além de Osasco, outras duas cidades brasileiras também passaram a integrar o Pacto de Milão para a Política de Alimentação Urbana, sendo Maricá, no Rio de Janeiro, e Salvador, na Bahia. Participam do movimento contra a fome, 46 cidades de várias partes do mundo.





O Seminário foi realizado pela Prefeitura de Osasco, por meio do Banco de Alimentos, vinculado ao Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional de Osasco. Para o diretor de segurança alimentar e nutricional de Osasco, João Perez, este é considerado um dos maiores eventos de segurança alimentar do Estado de São Paulo. Entre os temas debatidos no seminário estão os objetivos de desenvolvimento sustentável e a agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

O evento reuniu representantes da sociedade civil, empresas, estudantes, profissionais de nutrição, do serviço social e do meio ambiente, professores, acadêmicos, representantes do terceiro setor de Osasco, demais profissionais e munícipes interessados no tema.





Para Igor Carneiro, representante das Nações Unidas (WFP), as atividades realizadas em Osasco e a adesão ao Pacto de Milão, representam o quanto a cidade está comprometida com o seu futuro e com sustentabilidade. “Gostaria de parabenizar o município por participar de um acordo que tem grande alcance Internacional”.

O prefeito Rogério Lins falou sobre a alegria em receber no Teatro Municipal esse grande evento Internacional que trará ainda mais visibilidade para o município. “Acabei de visitar uma obra muito importante para o nosso município de combate às enchentes, de saneamento básico, de melhoria de qualidade de vida, que é o projeto de urbanização integrada do Rochdale, e que está com 97% das obras de canalização concluídas. E isso me deixa contente, porque com a adesão ao Pacto, estamos cumprindo nosso propósito de avançarmos economicamente como cidade, mas também de avançarmos em sustentabilidade e em ações sociais que possam impactar na melhoria de vida das pessoas”, destacou.





Lins também destacou o orgulho que tem pelo Banco de Alimentos. “Uma política pública extremamente assertiva que, através da parceria com a sociedade civil organizada, tem alcançado muita gente, temos uma meta de combater a fome que foi evidenciada pela pandemia, agora a pandemia já perdeu força, mas a fome ainda não. Ela ainda está batendo na casa de muita gente. Criamos o Cartão Merenda que atendeu mais de 70 mil famílias com um valor mensal para aquelas crianças que deixaram de receber a merenda na escola durante o isolamento. Com o retorno dos alunos, o Cartão Merenda deixou de existir por forca da legislação, mas criamos o maior programa de segurança alimentar do Brasil, o NOSSO FUTURO”.





Também participaram do evento os secretários municipais Carlos Vido (Assistência Social), Luciano Camandoni (Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Econômico), Fábio Grossi (Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Cintia Correia Sousa Hilário (Executiva de Política para Mulheres e Promoção da Diversidade), Salomão Júnior (Executiva da Pessoa com Deficiência); Patrícia Pontilho, coordenadora do curso de graduação em Nutrição da Universidade Anhanguera e presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Osasco; Flávia Rosso (iFood); Alcione Silva (Connecting Food); Lúcio Vicente (Grupo Carrefour Brasil); Henrique Castan (Nutriens Alimentos); Hugo Vecchiato e Maria Balro (Facily) e professora doutora Priscila Miguel (FGV), entre outros participantes.



Comments


bottom of page