top of page

Putin reage a envio de porta-aviões cheio de mísseis enviado pelo EUA

Em resposta à presença de porta-aviões dos EUA no Mediterrâneo, o presidente russo Vladimir Putin adotou uma postura assertiva ao destacar que a Rússia não considera isso uma ameaça. Putin anunciou que jatos russos equipados com mísseis hipersônicos Kinzhal, conhecidos por seu alcance superior a mil quilômetros, foram mobilizados.

A declaração do líder russo ressalta a escalada das tensões geopolíticas entre Rússia e EUA, especialmente na região do Mediterrâneo.

A introdução de armamentos avançados, como os mísseis Kinzhal, destaca a busca de Putin por manter uma posição estratégica robusta diante de movimentações adversas na área, consolidando a complexidade das relações internacionais e o jogo de poder entre as superpotências.



2 visualizações

Kommentare


bottom of page