top of page

Mundo: Primeiro-ministro de Israel convoca embaixador brasileiro e diz que Lula "cruzou linha vermelha"



O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, reagiu às declarações do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, convocando o embaixador brasileiro para uma "dura conversa de repreensão". Netanyahu classificou as palavras de Lula como "vergonhosas e graves", acusando-o de banalizar o Holocausto e prejudicar o povo judeu ao comparar Israel aos horrores nazistas.

Netanyahu enfatizou que as declarações de Lula ultrapassaram uma "linha vermelha", ao equiparar as ações de Israel com os crimes cometidos durante o Holocausto. Ele ressaltou o compromisso de Israel em defender-se e garantir seu futuro dentro dos limites do direito internacional.

O pronunciamento de Netanyahu, feito pelas redes sociais, reflete a indignação do governo israelense diante das declarações de Lula, evidenciando a gravidade do impacto dessas palavras nas relações diplomáticas entre os dois países.


Veja video que esta circulando na rede:



6 visualizações

Comments


bottom of page