top of page

Prefeitura prepara Campanha de Prevenção contra Queimadas 2023



Iniciativa contará com a participação de alunos das escolas das redes municipal e estadual em cinco bairros de Itapevi; encerramento será no Parque da Cidade

A Prefeitura de Itapevi realizará a terceira edição da Campanha de Prevenção contra Queimadas, entre os dias 7 e 12 de agosto. A iniciativa terá uma ampla programação durante esses seis dias, com os alunos de dez escolas das redes municipal e estadual na cidade. Também haverá um evento de encerramento, programado no Parque da Cidade (Rua Dimarães Antônio Sandei, s/nº - Cidade Saúde).

A campanha chega com uma série de novidades para este ano. A principal delas é a parceria inédita com o Governo do Estado para abranger os estudantes das unidades de ensino estaduais. O município foi dividido em cinco polos diferentes como forma de abranger todas as regiões.

Cada um desses núcleos abrangerá alunos do Ensino Fundamental de duas escolas - do quarto ano da rede municipal e do sexto ano da unidade de ensino estadual. A cada dia, um determinado polo vai receber uma programação de aproximadamente 40 minutos, com palestras de conscientização, feitas por técnicos da Defesa Civil de Itapevi, Corpo de Bombeiros e uma peça teatral encenada pelo Grupo de Escoteiros da cidade.

A expectativa é de que 350 estudantes participem da campanha. A ideia é utilizá-los como agentes de proliferação de informações referentes ao combate de queimadas durante esse período do ano, quando o tempo fica mais seco e propício para ocorrências do gênero.

Confira a programação

A campanha começa no dia 7 de agosto, no bairro Bela Vista. A programação toda será ministrada no período da tarde na Escola Estadual Mary Mallet Cyrino e terá a participação também dos alunos do CEMEB Professor Paulo Mariano de Arruda.

A iniciativa prossegue em 8 de agosto na Vila Dr. Cardoso, no CEMEB Padre Geovanni Cornaro, que também vai recepcionar os estudantes da Escola Estadual Professora Celina de Barros Bairão. Em Amador Bueno, isso será no dia 9, dessa vez no CEMEB Jornalista João Valério de Paula Neto, que receberá todas as atividades e os alunos da Escola Estadual João Nascif Chalupp. Nessas duas datas, o evento será à tarde.

Na manhã do dia 10 de agosto, a campanha será no Jardim Santa Rita, no CEMEB Irany Toledo da Silva. Os alunos da Escola Estadual Américo Valentin Christianini também vão participar. A programação nas unidades de ensino termina em 11 de agosto no Parque Suburbano, quando o CEMEB Tarsila do Amaral terá as atividades e recepcionará os alunos da Escola Estadual Padre Romeo Meca.

Encerramento no Parque da Cidade

A programação da campanha terá seu encerramento no dia 12 de agosto no Parque da Cidade. O evento que marca esse término será das 9h às 12h e terá as participações do Corpo de Bombeiros, o Canil da Guarda Municipal, além do teatro do Grupo de Escoteiros do município.

A Secretaria também aproveita a ocasião para realizar a Feira de Adoção de Animais e a distribuição de mudas de árvores aos participantes. O objetivo será reunir o público, ao aliar a parte de conscientização da população, com o lazer dos frequentadores presentes.

Impactos na cidade

As queimadas nessa época do ano produzem substâncias que irritam os olhos, causam estresse e também agravam doenças respiratórias como asma, bronquite, sinusite e rinite. A agressão ao meio ambiente também é outra consequência e também provoca danos ao solo, flora e fauna.

Além da parte ambiental e impactos na saúde, as queimadas trazem interferências na economia, ampliam os gastos públicos com o combate ao fogo e na área de saúde.

Crime ambiental

É bom lembrar que a queima de lixo doméstico, mato seco e de outros materiais pode ser punida com pagamento de multa e até mesmo prisão. De acordo com o artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605 de 1998, “causar poluição de qualquer natureza em níveis que resultam ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora é sujeito a multa e pena de reclusão de um a quatro anos”.

Já a lei municipal 1.796/2006, que dispõe sobre a limpeza urbana, em seu artigo 29, determina que é proibido atear fogo ao lixo, sujeito a aplicação de multa no valor de 100 UFMs (Unidades Fiscais do Município).

Em caso de queimadas urbanas denuncie:

Corpo de Bombeiros -193 (24h)

Guarda Municipal – 199 (24h)

Defesa Civil de Itapevi – (11) 4143-0841

Polícia Militar Ambiental – (11) 4789-0905



7 visualizações

תגובות


bottom of page